Fechado
New Topic
New Poll

 04. Ergam-se Cavaleiros da Esperança, Ano 2017 - Inverno
Kosmos
 Posted: Jun 23 2017, 04:38 PM
Quote

The Creator


Group Icon

Administrador
Usuário: 1
Registro: 4-June 17
Posts: 121





Offline



Santuário RPG


Ergam-se Cavaleiros da Esperança


user posted image


Já se fazem mais de 250 anos desde a última guerra santa e, por quase três séculos, o mundo humano evolui sem a interferência dos deuses, ou assim eles acreditam. Um ledo engano, acreditar que estão de fato sozinhos no cosmos, é um orgulho tão grande quanto o de se comparar aos deuses.

Bem debaixo dos seus narizes vivem seres antigos, criaturas mitológicas, e muitas outras coisas míticas que não são capazes de explicar, todas vagando nas sombras sem que ninguém as veja.

Chegamos então na era moderna, onde a tecnologia se faz presente na vida dos humanos, servindo aos seus propósitos e caprichos, facilitando a vida ao custo da destruição dela própria. Seria uma contradição engraçada, se não fosse tão nefasta.

Ainda existem aqueles que possuem fé, e estes serão bem-aventurados noutra vida, mas como todos os homens da Era de Ferro, eles estão aqui para sofrerem as provações da vida mortal, andando pelo seu calvário até a morte. A maioria deles acredita que isso é uma dádiva, mas há quem enxergue ser um castigo.

O fato é que para tudo no cosmos existe um propósito, e cabe a cada um achar o seu.

"Todos os homens devem servir."

Aos olhos de muitos deuses, o propósito da raça humana é o de servi-los, venerá-los, adorá-los. Quando os homens deixam de louvar os deuses, eles os exterminam. Quando os humanos adoram a um deus só, eles disputam a sua adoração.

A justiça para os deuses é apenas uma questão de vitória, e poucos são os que possuem piedade da raça humana para enxergarem nela benfeitoria alguma ao mundo.

Cedo ou tarde, a cobiça dos deuses surge para ameaçar o mundo humano, e sorte eles ainda tem de poder lutar por si mesmos, pelo menos até que a vontade de Zeus pai não os extermine novamente por suas transgressões.

Para os humanos de coragem, que desejam defender a Terra e a humanidade, que aspirem trilhar o caminho da justiça e zelar pela paz, existe um Santuário onde as lendas são forjadas em sangue e suor.

Mas, somente aqueles que despertam o cosmo podem acessar o último bastião da esperança.

Eles são chamados de Santos por alguns humanos, mas estão longe de serem perfeitos. Chamam uns aos outros de Cavaleiros, e eles servem à Athena, ou pelo menos a maioria deles.

De tempos em tempos, jovens se erguem para assumir o dever sagrado de lutar pela humanidade e justiça, pois a sua deusa roga por eles, e assim eles vem até ela, para defendê-la.

Espalhados por todo o mundo, os predestinados a se tornarem Cavaleiros ascendem seus cosmos como se fossem chamarizes para o Santuário, e logo, uma legião deles está espalhada por todo o globo dando seu sangue e suor para temperar seu cosmo e lapidar seus valores, até que se provem dignos e merecedores da armadura sagrada.

E assim, a nova era nasce, sob as sombras de um futuro incerto, mas iluminada pela virtude dos jovens Cavaleiros da Esperança.

Aqui finalmente nos encontramos, no inverno de 2017.

O Santuário encontra-se em meio a uma crise política há mais de uma década, inclusive com o surgimento de grupos separatistas como a Irmandade, acusados de terem assassinado uma Amazona de Prata anos atrás, muito embora eles acusem o Grande Mestre de ser um conspirador e o verdadeiro mandante do crime, e não eles.

Por conta deste conflito, o Santuário se tornou um local perigoso, onde as alianças políticas podem significar amizade ou inimizade. Mas, em todo caso, a lei e a ordem ainda se prevalecem onde os Cavaleiros fazem guarda, pois o Grande Mestre comanda os Cavaleiros, e a maioria lhe é leal por conta do juramento sagrado. Todavia, o medo cresce entre os moradores de Rodorio e servos do Santuário, uma vez que eles foram capazes de tirar a vida de uma Amazona de Prata, ninguém sabe ao certo os limites das forças da Irmandade, ou se o Santuário está dominado de fato pelas trevas.

Isso causa medo e desconfiança.

A verdade é que a Irmandade vive dentro do Santuário, entre servos, soldados e quem sabe até entre os Cavaleiros. Para alguns, o grupo não passa de uma célula criminosa, mas para outros, eles são uma fagulha de luz dentro das sombras que pairam sobre o Santuário. De todo modo, a população civil vive em uma prisão aberta, já que ninguém ousa ir contra o Santuário comandado pelo mestre, nem contra a Irmandade, cuja identidade dos seus membros é desconhecida.

Pelo mundo, relatos cada vez mais frequentes sobre o aparecimento de seres míticos e forças sombrias vem até o Santuário.

Seus aliados nas terras geladas do norte desapareceram de repente, não reportando mais ao Santuário ou fazendo qualquer contato há anos.

Somente Jamiel continua mantendo contato, mas as previsões não são boas, pois o mestre da raça lemuriana teme que o mal logo encontre seu refúgio entre as montanhas.

Em meio a estes problemas, Athena continua adormecida, desaparecida, capturada, ou até mesmo morta, ninguém sabe.

A verdade, porém, só com o tempo nos será revelada.


"Tenham força e coragem, pois os tempos são difíceis."
- Agrios para os Cavaleiros.




Template by JC @ Santuário RPG

--------------------

user posted image

“Quando os deuses jogam,
os homens choram.”


PMEmail
^
1 User(s) are reading this topic (1 Guests and 0 Anonymous Users)
0 Members:
Share this topic:
« Next Oldest | Cenário & Mitologia | Next Newest »

Topic Options
Fechado
New Topic
New Poll